Dicas para os pais evitarem problemas com suas crianças na praia

image
Pais devem ficar atentos para não perder a criança de vista
Da falta de hidratação aos perigos do contato com a água do mar, são inúmeros os riscos que rondam as crianças nas praias, especialmente nesta época do ano, em que as faixas de areia costumam ficar lotadas. Portanto, os pais devem ficar em estado de alerta. Veja aqui alguns cuidados importantes para evitar problemas com a criançada durante a estada na praia.
Vigilância
As crianças não têm noção de até onde podem ir ou não quando estão na praia.  Por isso, fique de olho nelas na orla, deixando-as sempre em um local em que você tenha total visão. Outra medida importante é não deixá-las entrar sozinhas no mar, uma vez que podem ser surpreendidas pelas ondas um pouco mais altas.
Onde ficar
Uma das recomendações é ficar localizado em um ponto em que os salva-vidas tenham total visão sobre você e suas crianças. Esse cuidado certamente vai facilitar em caso de emergência.
Identificação
Uma medida de segurança importante é identificar as crianças com pulseiras ou etiquetas nas roupas de banho, com informações como telefone de contato, nome do pai ou da mãe. Se ela se perde, será mais fácil encontrá-la.
Insolação
Não deixe as crianças expostas ao sol por muito tempo. De acordo com os médicos, é recomendado tomar sol apenas antes das 10 horas da manhã e depois das 16 horas. Outra dica importante é protegê-las com boné ou chapéu. Recomenda-se também o uso de protetor solar, com fator 30 ou maior. O ideal é aplicar o protetor 30 minutos antes da exposição ao sol e reaplicá-lo a cada duas horas, principalmente quando a criança for à água com frequencia ou transpirar bastante.
Hidratação e Alimentação
Procure oferecer bastante líquido e frutas para as crianças. Os especialistas recomendam que os pequenos consumam pelo menos dois litros de líquido, seja na forma de água normal, água de coco e sucos. Evite que as crianças se alimentem com comidas pesadas e frituras.
Contato com a areia
Deixar a criança sentada diretamente na areia pode facilitar uma contaminação de pele. Para evitar esse tipo de problema, é recomendado manter as crianças sentadas sobre uma toalha ou esteira, inclusive quando estiverem brincando.
Criança perdida
Caso a criança se perca, tente não se desesperar e evite ficar procurando-a pela praia lotada. A recomendação do corpo de bombeiros é para que os adultos dirijam-se até um posto de salvamento, já que os salva-vidas estão sempre equipados com rádios e outros mecanismos de busca.
Condições da praia
Antes de ir à praia, informe-se sobre as condições do local. Evite, por exemplo, praias que registram altos níveis de poluição e águas impróprias para banhos, já que as crianças sempre estão ansiosas por entrar no mar.
Bebês
Os bebês têm a pele muito sensível a qualquer tipo de infecção, seja no contato com o sol, com o mar ou com a areia. Dessa maneira, os pequenos com menos de seis meses de vida não devem ser levados à praia e expostos a essas situações.
Depois da praia
Ao chegar no local onde estão hospedados, os pais devem dar um bom banho na criança, secando-a bem e aplicando talco nos pés para evitar frieiras. Além disso, passe um hidratante na pele, mas que seja indicado por um dermatologista.
Gostou das postagens? Que tal compartilhar? Indique!
Clique acima e compartilhe por e-mail, Twitter, Facebook...