O primeiro emprego de executivos no Brasil

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Abílio Diniz teve seu primeiro emprego na empresa do pai. Ele encabeçou o projeto de implantação do primeiro supermercado Pão de Açúcar, inaugurado em abril de 1959, na avenida Brigadeiro Luiz Antônio. Atualmente é presidente do Conselho de Administração do Grupo Pão de Açúcar

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Futura Press

Washington Olivetto começou a carreira como redator na Harding-Jiménez. Atualmente é publicitário e chairman da WMcCann.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Fundador e presidente do Conselho de Administração da CVC, Guilherme Paulus teve seu primeiro emprego na IBM, na área de informática, como estagiário.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Aldemir Bendine iniciou sua vida profissional como menor aprendiz no Banco do Brasil (BB), no interior de São Paulo. Passou por diversos cargos dentro do próprio banco e hoje é o presidente do BB

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Aos 16 anos Silvio Santos teve a ideia de vender capas para título de eleitor no Rio de Janeiro, onde nasceu. Era ano eleitoral e Silvio começou a trabalhar como camelô na avenida Rio Branco. Ele venderia também canetas. Hoje, Silvio Santos é dono de um grupo de empresas, entre elas o canal SBT e o banco PanAmericano.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Um dos homens mais ricos do Brasil, Aloysio de Andrade Faria formou-se em medicina, profissão que exerceu por dois anos. Mas quando seu pai morreu, Faria assumiu o Banco Real e fez prosperar até 1998, quando o vendeu ao ABN Amro por R$ 2,1 bilhões. Atualmente é dono da rede de lojas de materiais de construção C&C e da Agropalma. Aos 89 anos, está praticamente aposentado, segundo a Forbes.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Samuel Klein começou cedo a trabalhar como ajudante de carpinteiro do pai, na Polônia. Aos 19 anos, em plena Segunda Guerra Mundial foi preso em um campo de concentração, de onde fugiu, seguindo para a Alemanha, Bolívia e, finalmente, para o Brasil. Aqui,em 1952, instalou-se em São Caetano do Sul onde começou a mascatear pelas ruas vendendo artigos de cama, mesa e banho de porta em porta. Depois, fundou as Casas Bahia.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

O primeiro emprego do atual presidente da Shell no Brasil, André Araújo, foi na própria companhia, na área de químicos, como assessor técnico comercial.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Roger Agnelli formou-se em economia pela Fundação armando Álvares Penteado (FAAP) e depois iniciou a carreira no Bradesco, onde trabalhou até chegar ao cargo de diretor executivo, em 1998. Atualmente é o presidente da Vale.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Antonio Ermírio de Moraes sempre trabalhou no Grupo Votorantim, criado por seu avô. Começou a trabalhar após concluir um curso na Colorado School of Mines, nos Estados Unidos. Ele foi o terceiro homem a dirigir a companhia.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Roberto Justus iniciou a carreira como sócio da empresa Fisher Justus Comunicação no ano de 1981, onde ficou por 17 anos. Atualmente é presidente do Grupo Newcomm e sócio do grupo inglês WPP no Brasil.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Aos 16 anos Ricardo Semler tornou-se relações públicas júnior da Alcântara Machado, para a feira Brasil Export, depois de passar por seleção em três fases. Semler hoje é presidente da Semco, do ramo de prestação de serviços.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Benjamin Mário Baptista Filho começou como engenheiro da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), em agosto de 1976, logo após formar-se em Engenharia Metalúrgica, na PUC-RJ. Atualmente é o CEO da ArcelorMittal Brasil.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Eike Batista morava na Alemanha quando iniciou o curso de Engenharia Metalúrgica, ainda no país europeu. Para ter renda pessoal e se manter de forma independente, ele começou a vender apólices de seguro de porta em porta. Atualmente, Eike é o homem mais rico do Brasil, dono do grupo EBX

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Ricardo Loureiro trabalhou na Credicard, como trainee, durante um ano e meio. Foi contratado depois de formado como analista de sistemas. Atualmente é presidente da Serasa Experian e da Experian América Latina

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Carlos Alberto de Oliveira Andrade formou-se em medicina, profissão que exercia na Paraíba. Até que, em 1979, adquiriu uma concessionária da Ford em Campina Grande (PB) e deu início à rede de concessionárias Caoa, da qual ainda é dono.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Raul Randon trabalhava na oficina mecânica de seu pai, voltada à reforma de motores industriais em Caxias do Sul (RS) até os 20 anos. A empresa cresceu e atualmente, o Grupo Randon é composto por nove empresas, com presença global.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Denise Johnson fez bacharelado em engenharia mecânica pela Universidade de Michigan, nos EUA, e seu primeiro emprego foi como engenheira de produtos da General Motors (GM), em 1989. Atualmente é presidente da GM do Brasil.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Frederico Fleury Curado iniciou a carreira como engenheiro de produção na Pratt&Whitney Canadá, em 1984, logo depois de concluir o curso de engenharia mecânica-aeronáutica pelo Instituto de Tecnologia de Aeronáutica (ITA). Atualmente preside a Embraer.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

O primeiro emprego formal de Pedro Parente foi no Banco do Brasil, aos 18 anos. Atualmente, ele preside a Bunge do Brasil.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Pedro Janot começou a vida profissional como trainee na área de vendas da loja de departamento Mesbla, aos 19 anos, logo depois de servir ao Exército. Atualmente é o presidente da Azul Linhas Aéreas Brasileiras.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Recém-formado pela Escola Técnica de Comércio de Caxias do Sul (RS), Paulo Bellini iniciou a vida profissional na empresa Ipólitto & Cia, atacadista no ramo de comércio de armarinhos em Porto Alegre (RS). Ele fundou e preside o conselho de administração da Marcopolo, uma das maiores fabricantes de ônibus do mundo.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Luiza Helena Trajano Donato era vendedora na loja de seus tios, em Franca (interior de São Paulo). A loja foi crescendo e tornou-se uma das maiores redes de varejo do Brasil, da qual Luiza é hoje presidente.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Maria Fernanda Ramos Coelho foi secretária da Fundação Joaquim Nabuco, em Pernambuco, antes de iniciar sua carreira na Caixa Econômica Federal. Atualmente ela é presidente da instituição financeira.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Marco Franzato trabalhou na lavoura com seu pai desde os sete anos de idade. Aos 17, teve o primeiro emprego formal em um escritório de contabilidade. Atualmente é dono do Grupo Morena Rosa, de confecção, com várias marcas.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Laércio Consentino foi estagiário na Microsiga onde trabalhou até tornar-se diretor e convencer o patrão que os dois deveriam ser sócios da mesma empresa. Quando a Microsiga adquiriu a Logocenter, passou a chamar Totvs, da qual hoje é presidente.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

José Sergio Gabrielli de Azevedo foi entrevistador em pesquisa sobre sindicatos para a Secretaria do Trabalho do governo do Estado da Bahia, em 1968. Entre os anos de 1969 e 1971, ele trabalhou como jornalista no jornalTribuna da Bahia. Em 1972, foi câmera da TV Aratu (afiliada da Globo). Atualmente é presidente da Petrobras

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

José Alencar começou a trabalhar aos sete anos de idade para ajudar o pai em sua loja. Depois, aos 14 anos, se tornou balconista de uma loja de tecidos. Ex-vice-presidente da República do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, Alencar fundou e presidiu a Coteminas.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

João Dória começou a trabalhar aos 13 anos como estagiário em uma agência de publicidade. Atualmente, preside o Grupo Dória Associados, composto por cinco empresas de comunicação e marketing.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

O primeiro emprego de Ivens Dias Branco foi na empresa de seu pai, Manuel Dias Branco, onde ingressou no ano de 1953 como sócio, com uma pequena participação, assumindo, mais tarde, com a aposentadoria do pai, o controle dos negócios. Hoje é presidente do Grupo M. Dias Branco.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

Aos 15 anos, Hélio Rotenberg era professor particular em um curso de reforço. Aos 18 anos, iniciou efetivamente sua carreira profissional criando uma pista de patinação, a Pattin. Atualmente é o presidente da Positivo Informática.

Confira o 1º emprego dos executivos no Brasil Foto: Divulgação

A primeira atividade de Thái Quang foi aos 20 anos, no Unibanco, com Sistemas de Informação, antes disso, no Vietnã, ele trabalhava auxiliando a família em plantações, enquanto estudava. Atualmente é presidente a Góoc, fabricante de chinelos e bolsas a partir de pneu reciclado.

Gostou das postagens? Que tal compartilhar? Indique!
Clique acima e compartilhe por e-mail, Twitter, Facebook...