PF apreende R$ 1 mi com quadrilha que operava nos Correios

 
clip_image001
A Polícia Federal apreendeu mais de R$ 800 mil e cerca de U$ 150 mil (R$ 250 mil), além de diversas mercadorias importadas irregularmente em ação da Operação Máscara de Ferro, que visa desmantelar uma organização criminosa que atuava no Centro de Tratamento de Correio Internacional (CTCI), em São Paulo.
A quadrilha atuava no órgão responsável por realizar operações internacionais de liberação de encomendas postais importadas. Um homem chinês também foi preso em flagrante na operação, que cumpriu 39 mandados de busca e apreensão na Grande São Paulo.
As encomendas, formadas geralmente por itens de alto valor agregado ou aparelhos celulares sem homologação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), não passavam pela devida fiscalização.
No período de seis meses, apenas 2% das mercadorias importadas passaram pelo processo de desembaraço aduaneiro a cargo do sistema de controle, o que representou a facilitação ao contrabando e descaminho de aproximadamente 250 toneladas de produtos, segundo a Polícia Federal.
Foi constatada também a sonegação de impostos da União, tais como IPI, ICMS e Imposto de Importação. Alguns artigos de saúde, proibidos de ingressarem no país, também foram liberados sem a devida autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
De acordo com a polícia, as pessoas envolvidas no esquema criminoso serão indiciadas, conforme as devidas participações, pelos crimes de contrabando, descaminho, corrupção ativa e passiva, facilitação a contrabando e descaminho, falsidade ideológica, estelionato e sonegação fiscal.
Gostou das postagens? Que tal compartilhar? Indique!
Clique acima e compartilhe por e-mail, Twitter, Facebook...