Viagens de cinema

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22

clip_image001

Todos que conhecem Ubatuba sabem da beleza natural de suas praias e dos cenários magníficos proporcionados pelo encontro do mar com a Mata Atlântica preservada.

O cinema e a mídia que usa imagens em geral sabe muito bem. Ubatuba foi utilizada como cenário para a produção de importantes obras cinematográficas, séries de TV, clipes e muito mais.

Veja a seguir algumas importantes obras filmadas em Ubatuba:

Hans Staden – Neste filme totalmente rodado em Ubatuba, conta-se a história do imigrante alemão Hans Staden, que naufragou no litoral de Santa Catarina. Dois anos depois, chegou a São Vicente, concentração da colônia portuguesa no Brasil, onde trabalhou por mais dois anos, visando juntar dinheiro para retornar à Europa. Neste tempo em que viveu em São Vicente, Staden passou a ter um escravo da tribo Carijó, que o ajudava. Preocupado com seu sumiço repentino após ter ido pescar, Staden parte em sua procura, sendo encontrado por sete índios Tupinambás na região de Ubatuba, inimigos dos portugueses, que o prendem no intuito de matá-lo e devorá-lo. É a partir de então que passa a ter que arranjar meios para convencer os índios a não devorá-lo e permanecer vivo.

Este foi um filme bastante premiado, e que merece ser visto.

Festival de Cinema de Brasília 1999
Venceu nas categorias de Melhor Trilha Sonora e Melhor Direção de Arte.
Recebeu o Prêmio Especial do Júri.

Grande Prêmio BR do Cinema Brasileiro 2001
Indicado nas categorias de Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Diretor, Melhor Montagem, Melhor Trilha Musical e Melhor Roteiro.

Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá
Venceu nas categorias de Melhor Filme e Melhor Fotografia.

Festival de Cinema Brasileiro de Miami 2000
Venceu na categoria de Melhor Fotografia.

Festival Luso Brasileiro de Santa Maria da Feira
Venceu na categoria de Melhor Filme

Festival do Recife 2000
Venceu nas categorias de Melhor Direção de Arte e (Melhor Fotografia).

clip_image002

Desmundo é um filme brasileiro de 2003, dirigido por Alain Fresnot. O roteiro, adaptação do livro Desmundo, de Ana Miranda, é de Sabina Anzuategui, Anna Muylaert e do próprio diretor.

O filme é ambientado em 1570, época em que os portugueses enviavam órfãs ao Brasil para que casassem com os colonizadores. A tentativa era minimizar o nascimento dos filhos com as índias e que os portugueses tivessem casamentos cristãos. Essas órfãs viviam em conventos e muitas delas desejavam ser religiosas. Oribela, uma dessas jovens, acaba casando obrigada com Francisco de Albuquerque. Elas não são convidadas a viajar, nem questionadas, são obrigadas a ir, sem o direito de escolha.

Grande parte do filme foi feita na cidade de Ubatuba.

clip_image003

Villa Lobos - A aldeia cenográfica do Morro do Corcovado, em Ubatuba, foi palco para as filmagens do longa-metragem "Villa-Lobos - Uma Vida de Paixão", sobre a vida do compositor carioca Heitor Villa-Lobos. Dirigido por Zelito Viana, o filme tem no elenco Marcos Palmeira, Antonio Fagundes, José Wilker, Marieta Severo e Letícia Spiler. De acordo com o roteiro, assinado pelo diretor em parceria com Joaquim Assis, a história no local mostra o contato entre Villa-Lobos e os índios, no início do século, quando ele se escondeu do mundo na floresta amazônica.

clip_image004

 

Mas também nas séries televisivas Ubatuba foi bastante lembrada:

clip_image005

A Casa das Sete Mulheres foi uma minissérie brasileira produzida pela Rede Globo e exibida entre 7 de janeiro e 8 de abril de 2003, às 23 horas, totalizando 52 capítulos.

Foi escrita por Maria Adelaide Amaral e Walter Negrão, com colaboração de Lúcio Manfredi e Vincent Villari, baseada no romance homônimo da escritora gaúcha Letícia Wierzchowski, e dirigida por Teresa Lampreia, com direção geral de Jayme Monjardim e Marcos Schechtmann, e direção de núcleo de Jayme Monjardim.

A minissérie apresentou Thiago Lacerda, Giovanna Antonelli, Werner Schünemann, Eliane Giardini e Camila Morgado como protagonistas, vivendo seus personagens figuras verídicas, que complementaram a história do país, sendo os mesmos, grandes ícones nacionais.

Uma parte das cenas foi feita em Ubatuba, como na famosa em que Giovana Antonelli está na Praia da Fazenda, uma belíssima praia localizada em área de preservação ambiental.

clip_image006

A Muralha é uma minissérie brasileira produzida pela Rede Globo e escrita por Maria Adelaide Amaral, João Emanuel Carneiro e Vincent Villari e dirigida por Denise Saraceni baseado no romance homónimo de Dinah Silveira de Queiróz. Foi exibida em 2000, em comemoração aos 500 anos do Descobrimento do Brasil.

Esta série também utilizou a Praia da Fazenda como palco para parte das filmagens.

Gostou das postagens? Que tal compartilhar? Indique!
Clique acima e compartilhe por e-mail, Twitter, Facebook...