Confira as curiosidades de quem dá (e leva!) um chega pra lá num relacionamento

 

HÁ TRÊS CATEGORIAS DE TOCO: CLÁSSICO, SINISTRO E ESFARRAPADO:

HÁ TRÊS CATEGORIAS DE TOCO: CLÁSSICO, SINISTRO E ESFARRAPADO:

"Existem os tocos mais leves, os esfarrapados. Os comuns, considerados os clássicos. E aqueles que nunca queremos levar, em hipótese alguma - os tocos sinistros. O peso do toco está ligado a como ele vai atingir cada pessoa. Por exemplo, se o cara não quer sair com você por causa de uma chuva, é claro que você não vai se sentir a última das mulheres. E se ele dá um "Toco Bina" e não atende a sua ligação nunca, você sabe que isso, de certa maneira, faz parte do jogo e é clássico. Agora, se ele chega e olha na sua cara falando que não sente mais nenhum tesão por você, é realmente um toco sinistro e que pode abalar a sua autoestima".

TOCO ESFARRAPADO:

TOCO ESFARRAPADO: "Normalmente, esse fora é dado por quem nem se dá ao trabalho de dar um toco clássico e ainda não sabe exatamente que papel você terá na vida dele. Se ele começa a dar um desses tocos, você pode tranquilamente sumir do mapa por um tempo. Com certeza o cara vai ficar com a pulga atrás da orelha e vai procurá-la novamente. Aí depois você decide qual toco dará nele".

BOM-HUMOR É ESSENCIAL:

BOM-HUMOR É ESSENCIAL: "Bom humor é essencial em tudo na vida. Levar um toco não é um mérito seu, apesar de no momento em que ele te pega você achar que é a única coitada que passa por isso. Quando você aceita que não é perfeita e que existem pessoas que não vão te achar a pessoa mais interessante do mundo, você encara a realidade e consegue rir dela. E ainda pode perceber que vai encontrar um cara que vai gostar de você pelo o que realmente é, com suas neuras e qualidades".

CABEÇA ERGUIDA:

 

CABEÇA ERGUIDA: "A gente só consegue achar que é normal levar um fora quando consegue se descolar, nem que seja um pouquinho, do seu próprio ego. Porque na hora que a ficha (do toco) cai, o chão se abre e o fim do mundo está acontecendo ali mesmo, bem na sua frente. Por isso, não só o bom humor é essencial, mas também uma certa dose de cara de pau para encarar tudo de cabeça erguida, mesmo quando o coração está estraçalhado. Fazer-se de coitado nunca dá certo".

TOCOS 'REDES SOCIAIS':

TOCOS 'REDES SOCIAIS': "Hoje em dia é muito mais fácil começar ou terminar uma relação. Antes não existia a Internet, imagina dar um toco por carta? Anos de análise para quem levou e de culpa para quem deu. Com a informação cada vez mais diluída e a rapidez das redes sociais, é mais fácil dar tocos pelo Twitter, e-mail, mensageiros instantâneos e outros meios de comunicação via web. É muito mais difícil dar aquele toco sinistro olhando na cara da pessoa, concorda? E, ao receber um desses "Tocos Redes Sociais", tire de letra e saiba que existe o "Toco Bumerangue" [aquele que volta] para justificá-lo no futuro".

TOCO VIRTUAL X AO VIVO:

TOCO VIRTUAL X AO VIVO: "A Internet e a tecnologia de um modo geral facilitam tudo. Desde o momento da abordagem até a hora de cair fora. O frio na barriga na hora de teclar o "enviar" de um torpedo é o mesmo de ligar para o carinha, com a vantagem de que ele não vai sentir o tremor na sua voz. Mas, ao mesmo tempo, o olho no olho e o telefonema ainda têm um poder de persuasão muito grande. Vale a pena usar a Internet para azarar, mas da mesma forma que o primeiro "eu te amo" tem que ser dito pessoalmente, o "tchau" também tem que ser cara a cara. Mas é mais difícil mesmo".

O QUE É MAIS DIFÍCIL, DAR OU LEVAR?:

O QUE É MAIS DIFÍCIL, DAR OU LEVAR?: "Não é fácil dar um toco esfarrapado. Primeiro porque você sabe que, em 90% dos casos, a pessoa que levou não vai achar realmente que aquele toco é verdade. Ela com certeza vai achar que o autor é um panaca de não falar a verdade. Nos outros casos, as mulheres mais apaixonadas e cegas podem acreditar. Mas, no final, são tocos que funcionam e não magoam profundamente".  "É sempre mais fácil dar do que levar. As pessoas sempre acreditam naquilo que elas querem acreditar. Não existem limites para a cara de pau. E quem ama, perdoa, não é mesmo?".

QUAL O PIOR TOCO?:

QUAL O PIOR TOCO?: "O "Toco Máximo" é horrível, pois a verdade bem dita dói muito mais do que qualquer mentira atenuante. E é claro que tem que vir de alguém que você considera muito importante". O pior é sempre o do cara que você classifica como "grande amor da sua vida".

Gostou das postagens? Que tal compartilhar? Indique!
Clique acima e compartilhe por e-mail, Twitter, Facebook...