Conheça os segredos da 'comida viva'

Aprenda a preparar a germinação de vários grãos e sementes.

 

ScreenHunter_03 Feb. 07 13.40

A comida viva é uma opção de nutrição que vem ganhando destaque entre os adeptos da alimentação saudável. Mas, para conseguir o máximo de nutrientes e, por consequência, benefícios para a saúde, que os grãos e sementes podem prover, é preciso fazer as técnicas adequadas da germinação para cada grão.

Na comida viva, são usados grãos e sementes como amêndoas, nozes, girassol, trigo, lentilha, alfafa, feijão moyashi, entre outros.

Os grãos devem ser germinados no ar, na água ou na terra. E a forma de germinação correta é que vai permitir que esse grão se transforme em uma fonte poderosa de nutrientes.

Abaixo, veja o tempo de germinação na água e no ar dos grãos e das sementes:

Sementes que germinam na água
Amêndoa: 48h na água
Nozes: 8h na água
Girassol sem casca: 8h na água

As sementes que germinam na água não podem ficar fora d'água, pois fermentam e perdem o valor nutricional.

Sementes que germinam no ar
Girassol com casca: 8h na água e 8h no ar
Trigo: 8h na água e 8h no ar
lentilha: 8h na água e 8h no ar

Brotos que germinam no ar
(levam de 3 a 5 dias até ficarem no ponto para consumo)
Alfafa: 8h na água e fica no ar até as folhinhas verde aparecerem, enxaguando sempre pela manhã e à noite.
Feijão moyashi: 8h na água e fica no ar até começar a apontar 2 folhinhas.

Brotos que germinam na terra
Trigo e girassol: Primeiro segue a germinação da semente. Depois, se planta a semente germinada no húmus.

Gostou das postagens? Que tal compartilhar? Indique!
Clique acima e compartilhe por e-mail, Twitter, Facebook...