Economize em viagens com as compras coletivas

Aproveite os sites para obter descontos de mais de 60% em resorts, cruzeiros e passeios. E mais: dicas para não cair em uma roubada

Os anúncios saltam os olhos. Diárias em resorts badalados ou empousadas românticas, cruzeiro pela costa brasileira, passeio de trem em Curitiba. E o melhor, com descontos de 40, 50 e até mais de 60%. Promoções tentadoras que têm se tornado frequentes nos mais de 400 sites de compras coletivas existentes atualmente no Brasil, segundo números do site Bolsa de Ofertas, especializado no setor. Bom para os viajantes, sem dúvida. O difícil é conter os impulsos diante de tantas barganhas.

A professora de português Rosiane Silva de Souza, de 32 anos, que o diga. Consumidora assídua das ofertas de compras coletivas, a carioca não resistiu e comprou em novembro quatro diárias para ela e o marido em uma pousada emPetrópolis, região serrana do Rio de Janeiro. Uma economia de R$668: deR$1.060 por R$292.


O hotel da rede Hard Rock Cafe em Punta Cana é oferecido com 50% de desconto pelo site de compras coletivas espanhol Groupalia

“Eu fiquei satisfeita. Só achei a comida do restaurante um pouco cara, masvaleu a pena. A pousada era muito bonitinha”, diz Rosiane, que viajou no começo de janeiro. O sucesso foi tanto que a professora busca agora uma nova oferta, desta vez, na região de Arraial do Cabo. “É só ficar atento as regras, para não comprar gato por lebre”, diz.

Mania no Brasil a menos de um ano, os sites de compras coletivas tiveram em dezembro 13,2 milhões de acessos, o que representa 30% das pessoas que navegaram pela internet no mês passado, segundo dados do Ibope Nielsen Online. Com o sucesso entre usuários, as diárias de hotel e os passeios turísticos começaram a aparecer com força nos últimos meses.

“Em todos os países em que atuamos, o setor de turismo tem bastante procura, mas aqui no Brasil funciona particularmente bem. Vende mais do que nos outros lugares”, explica Daniel Funis, diretor de marketing do GroupOn, site presente em 29 países.

Quando o barato sai caro

Mas nem todo mundo fica satisfeito. A relações públicas Gabriela Gerbi, de 25 anos, ganhou de aniversário um voucher para um fim de semana em uma pousada em Igaratá, a 80 km da capital paulista. A diária de R$115 saía por apenas R$44. Com o desconto, o estabelecimento vendeu mais de dois mil cupons. “Levei cinco meses para conseguir uma reserva”, conta.

“Quando finalmente fomos para lá, tivemos algumas surpresas. O lugar não era muito simples de se chegar, mas o pior era o banheiro fora do quarto. Tinha que dividir com o casal ao lado. Quase dei meia volta e fui embora”, completa Gabriela. Entre outras reclamações, ela aponta que o café da manhã do hotel era muito simples, o lugar não aceitava cartão de crédito e ela não ficou à vontade com os demais hóspedes. “Eram meio farofa, sabe?”.

Decepcionados, a jovem e o namorado chegaram sábado à tarde e foram embora domingo antes do almoço. “Depois desta experiência, não tenho coragem de comprar nada nestes sites de compras coletivas, apesar de ter ouvido boas histórias”, diz.

Cuidado na compra

Agradar a todos é uma tarefa difícil. Mas para não haver decepções, vale a pena controlar os impulsos e estar atento as regras. Há sempre algumas restrições impostas pelos estabelecimentos nos sites de compras coletivas, como os dias da semana em que é possível fazer a reserva e a data de validade para o uso do voucher.

“A gente não recomenda a compra por pessoas que tem data específica para viajar, pois não há garantia que vai conseguir para aqueles dias”, explica Leticia Leite, diretora de comunicação do Peixe Urbano, site de compras coletivas pioneiro no Brasil. “Mas para quem tem flexibilidade, é uma ótima oportunidade, pois o desconto é significativo e o custo de experimentação é baixo”, explica.

Cinco dicas para se dar bem

Além de checar a sua disponibilidade, veja outras dicas que o iG Turismo selecionou com ajuda dos profissionais do ramo para você não cair em uma roubada.

- Leia com atenção as regras da oferta. Os hotéis e pousadas sempre estipulam o período da semana ou do ano que o cupom de desconto pode ser utilizado.

- Colha o máximo de informações possíveis sobre o estabelecimento, olhando o site e as notícias a seu respeito.

- Entre em contato com o hotel antes de efetuar a compra para saber mais sobre a disponibilidade e a infraestrutura do local.

- Para não ser enganado, utilize somente sites confiáveis e transparentes. É interessante pedir dicas para amigos que já utilizaram o serviço. 

- Cadastre-se nos sites de compras coletivas para receber diariamente as ofertas e não perder alguma promoção interessante. Segundo o site Bolsa de Ofertas, os maiores portais são GroupOn, Peixe Urbano, ClickOn, Q. Pechincha,Groupália, Imperdível, Oferta X, Clube do Desconto e Oferta Única. Tem ainda os agregadores, como o Save Me e o Aponta Ofertas, que reúnem todas as promoções.

Gostou das postagens? Que tal compartilhar? Indique!
Clique acima e compartilhe por e-mail, Twitter, Facebook...