Ivete Sangalo demite seu irmão da empresa Caco de Telha

A diva do axé fez show para 12 mil pessoas no Verão Show Guarujá. Foto: Renato Frasnelli/Divulgação

Ivete Sangalo fará auditoria em sua empresa para detectar falhas administrativas

A cantora Ivete Sangalo demitiu seu irmão, Jesus Sangalo, da empresa Caco Telha, pertencente à artista baiana, que passa por uma grave crise financeira. Houve acúmulos de prejuízos na produção dos shows de Beyoncé e do grupo Black Eyed Peas.

Jesus era empresário de Ivete e comandava todos os seus empreendimentos, mas acabou demitido a dois meses do Carnaval. A cantora determinou que fosse feita uma auditoria, pois há suspeitas de investimentos mal feitos. Ela percebeu que, para evitar novos prejuízos, o único produto rentável da Caco de Telha será ela mesma.

 

Ex-baterista processa Ivete Sangalo na Justiça do Trabalho

 

A diva baiana faz pose para os fotógrafos. Foto: Roberto Filho/AgNews

A Receita Federal está de olho na empresa da cantora, a Caco de Telha

O ex-baterista de Ivete Sangalo, Antônio da Silva, está processando a cantora na Justiça do Trabalho após ser demitido em março de 2010, depois de três meses sem receber seus direitos trabalhistas. Baterista da diva baiana por 14 anos, Antônio pediu ao irmão de Ivete, Jesus Sangalo, e Paulinho Nunes, administrador da empresa Caco de Telha, R$ 5 milhões referentes a férias, FGTS, aviso prévio de 13º salário.

A dupla ofereceu R$ 140 mil, mas Toinho Batera, como é conhecido, quis R$ 1,6 milhão. Irritado, o irmão de Ivete teria empurrado xingado o músico e empurrado seu advogado. Após o episódio, Jesus Sangalo foi demitido da empresa da cantora. A Receita Federal também está de olho na musa. A Caco de Telha supostamente declarava salários menores que os recebidos pelos músicos.

    Gostou das postagens? Que tal compartilhar? Indique!
    Clique acima e compartilhe por e-mail, Twitter, Facebook...