Quer perder o emprego?

image

É tarde demais: você já disse; não dá para "desdizer". Na cozinha do escritório, você estava comentando, com um colega, como a diretoria da empresa é ruim. Você estava falando baixo, mas, quando saiu da cozinha, seu chefe estava parado lá! Pelo jeito como ele olhou para você, deu para ver que ele ouviu cada palavra. Ah, se você tivesse mantido o bico fechado!
Todos nós já dissemos coisas de que nos arrependemos, mas o problema é que, se você fizer isso no trabalho, vai ter problemas. Alguém que está descontente, que critica abertamente a diretoria para os colegas, será visto como alguém que espalha sentimentos negativos – o que é ruim para a companhia e ruim para os negócios. E, a longo prazo, isso pode custar o seu emprego.
Então, o melhor jeito de evitar isso é simplesmente não conversar sobre certas coisas no trabalho. Eis o nosso conselho:
Estabeleça uma regra de não criticar a diretoria quando conversar com seus colegas. Sim, nós sabemos que você está cansado do seu trabalho, odeia a companhia e acha que seu chefe é um imbecil. Mas tenha cuidado! Nunca faça comentários negativos e irônicos sobre a diretoria, quando você está no trabalho. Você pode ter 100% de certeza de que os seus comentários serão repetidos – e, se eles chegarem até as pessoas erradas, isso pode custar o seu emprego. Se você tiver críticas genuínas, separe um tempo para sentar com o seu gerente e discutir o que achar necessário – mas use um enfoque positivo, sugerindo meios para melhorar a situação. As críticas podem ser construtivas e úteis; os sentimentos negativos prejudicam o ambiente e podem acabar prejudicando a sua posição na companhia.
Mostrar relutância nunca é uma boa ideia. Frases como "Esse não é o meu trabalho", "Não posso fazer, não vou fazer e não vejo por que eu deveria fazer", "Não preciso fazer isso" ou "Essa tarefa é pro pessoal de nível mais baixo" indicam uma atitude negativa e são a última coisa que o seu gerente quer ouvir. Na verdade, se ele ouvir essas frases com muita frequência, ele pode achar que você não é pessoa certa para o cargo. Entretanto, se você realmente achar que há um problema e que você está sendo explorado, tome a iniciativa e discuta o assunto com o seu gerente. O mesmo se aplica se você sentir que seu cargo está aquém de suas capacidades: não fique reclamando, fale com o seu gerente e diga que você gostaria de crescer na firma. Isso irá mostrar que você está disposto a assumir mais responsabilidades na empresa e não apenas procurando a saída mais próxima.
Ansiedade irrealista também pode causar problemas. Você é o tipo de pessoa que fica tão ansiosa para agradar que sempre diz "sim", mesmo para prazos impraticáveis que você sabe que não pode cumprir? Nesse caso, tome cuidado! Alguém que falha em entregar um trabalho no prazo, que sempre pede mais prazos, não é alguém que inspira confiança nos colegas. Todos vão considerar que a culpa é sua, não da pessoa que pediu o prazo impraticável. Então, em vez de responder automaticamente com um "Sim, sem problema!", diga "Posso dar uma resposta daqui a alguns minutos?" Ou – com alguma ousadia – “Segunda, no final dia, vai ser complicado. Mas eu consigo entregar o serviço até a terça, na hora do almoço.” Se você recusar um prazo, sempre sugira uma alternativa que você possa gerenciar.
Arrogância não é uma coisa atraente e fará com que você seja impopular. Se você não gosta das ideias ou do trabalho dos outros, não faça comentários agressivos como "Não tem ninguém criativo aqui" ou "Obrigado por suas sugestões, acabo de jogá-las no lixo". Isso só vai arranjar inimigos para você. Concentre-se apenas em garantir que as suas ideias e seu trabalho sejam realmente bons: isso será percebido e irá ajudar na sua carreira.
Outras coisas que você deve evitar dizer no trabalho:

  • Como você ficou bêbado, na noite passada (diga isso com frequência, e as pessoas vão ficar com uma impressão ruim de você)
  • Piadas sem graça que podem ofender alguém (você nunca sabe quem está ouvindo ou para quem a piada vai ser contada)
  • Religião e política (assuntos que tradicionalmente conseguem inflamar os ânimos)
  • Fofocas sobre seus colegas (se você espalhar rumores negativos sobre outras pessoas, você será visto como um encrenqueiro, alguém que não merece confiança)
Conclusão: Seja você mesmo – mas não totalmente! Guarde o resto para as pessoas que realmente são suas amigas.
Gostou das postagens? Que tal compartilhar? Indique!
Clique acima e compartilhe por e-mail, Twitter, Facebook...