Restaurante desafia clientes a comer 1,14 kg de carne em 20 minutos

Um restaurante de Dublin, na Irlanda, lançou um apetitoso desafio aos frequentadores: quem conseguir comer em menos de 20 minutos o especial gigante de carnes oferecido pela casa, não precisa pagar a salgada conta de 40 euros, o equivalente a 90 reais. O tempero da disputa entre proprietário e clientes está no tamanho do prato, servido com um quilo, cento e quarenta gramas só de carne. Convidamos dois rapazes, um brasileiro e um irlandês, para nos acompanhar ao generoso estabelecimento de influência texana e provar se essa tarefa gastronômica é ou não viável.

Os amigos passaram o dia se preparando para o grande jantar. Keith Byrne, 26, ficou praticamente o dia todo sem comer, enquanto o capixaba Diego Fernandes, 22, fez as refeições normalmente. Assim que entraram no restaurante, ambos foram recebidos pelo gerente Chris Walsh, que os acomodou e explicou as regras: "Vocês podem escolher o ponto da carne e um molho para ajudar a engolir. Também podem tomar água ou qualquer outra bebida à vontade, embora não seja vantajoso para vocês. Uma vez que o prato estiver na mesa, eu disparo o cronômetro e vocês têm 20 minutos para limpar tudo. Nenhuma sobra é permitida. Ah, e podem também escolher o acompanhamento". Assustados, nossos convidados ouviram que, além da carne, deveriam comer também uma porção que poderia ser de salada, batata frita ou purê de batata. O gerente também explicou que, quando o desafio começou, serviam a carne numa peça única de 1,140 kg, mas o dono achou que isso ajudava os desafiantes. Então, o especial passou a ser servido em quatro grandes pedaços.

A comida chegou e a comilança começou imediatamente. Diego se mostrou confiante ao mastigar grandes pedaços de carne. Keith parecia mais preocupado e fazia caretas enquanto engolia. Passados cinco minutos, o chef saiu da cozinha e veio conferir como os dois rapazes estavam se saindo com a comida. Reservado, o cozinheiro chinês passava a mão no queixo, esfregava o avental e sorria ironicamente ao ver as travessas ainda cheias. A prova chegou à metade, mas ainda havia mais de 50% da carne a ser comida. Keith ainda não tinha sequer tocado no purê e bebia longos goles d'água antes de desabafar: "Minha mandíbula nunca doeu tanto. Acho que vou ficar sem comer por uma semana". Diego devorava a salada e só parava de comer para dizer: "O que está me matando é a gordura. É uma coisa que eu não como nunca. Acho que eles passaram a servir quatro pedaços de carne, em vez de um, porque assim a pessoa é obrigada a comer mais gordura".

Embora o tempo fosse o mesmo, a segunda parte da prova pareceu passar mais rápido. A três minutos do fim, Keith já parecia ter desistido. Diego ainda tentou até o último segundo, mas não conseguiu esvaziar a tempo. Quando o gerente, feliz, anunciou o fim do desafio e a vitória do patrão, o desafiante brasileiro disse que, mesmo derrotado, iria comer até o fim. E engoliu até o último pedaço de carne para surpresa do amigo irlandês que, sem apetite para mais nada, pediu para embrulhar as sobras para viagem: "Isso aqui será minha janta por uns quatro dias", disse Keith. "Mas, depois de hoje, eu estou pensando em virar vegetariano", disse.

Antes de se despedir, Chris Walsh revelou que, de cada 10 desafiantes, três conseguem comer o especial em menos de 20 minutos. A boa margem de vitória do restaurante mantém os bons lucros do proprietário e permite que a disputa continue. Até a publicação dessa reportagem, apenas uma mulher tentou a façanha e quase chegou lá: conseguiu comer três, dos quatro pedaços de carne. Já o campeão é um jovem que engoliu os mil cento e quarenta gramas de carne bovina no tempo recorde de 9 minutos e 56 segundos. O gerente conta a história com certa decepção: "O que me deixa mais triste é que se tratava de um garoto magrinho. Eu o olhei e tive certeza de que ele não chegaria nem à metade". E não chegou mesmo. Pelo menos, não à metade do tempo.

Gostou das postagens? Que tal compartilhar? Indique!
Clique acima e compartilhe por e-mail, Twitter, Facebook...